quarta-feira, 2 de maio de 2018

Prefeitura de Salvador deve mais de R$ 40.000,00 cada ACS e ACE do município! VAMOS JUDICIALIZAR NOSSOS DIREITOS!

Isso mesmo, não é mentira e nem especulação! A AASA/BA, está realizando um levantamento do passivo que o município tem para com os ACS e ACE. E até agora para ser exato o município deve R$ 37.128,32 (trinta e sete mil, cento e vinte e oito reais e trinta e dois centavos), porém, segundo a parte contábil da AASA/BA, informa que o valor ultrapassa facilmente os R$ 40.000,00, devido aos juros, correção monetária e a falta de interesse da gestão em cumprir a lei do Piso Salarial.

Esses valores são referentes ao não pagamento do Piso Salarial da categoria pela Prefeitura de Salvador, desde quando foi aprovada e sancionada em 2014.

"Ao realizarmos os cálculos, ficamos impressionados com o tamanho do prejuízo e o crime que esta gestão está cometendo contra a categoria. A AASA/BA, não pode ficar sem fazer algo pelos seus filiados e os que desejam se filiar." - Comentou Sebastiana Ferreira, Secretária de Assuntos Jurídicos da AASA/BA, e completa: "a batalha nas ações das gratificações foi um sucesso, como será também a ação do Piso Salarial. O competente Dr. Jerônimo Mesquita vai encabeçar as ações contra a prefeitura municipal. A AASA/BA não quer somente devolver o direito que foi tomado da categoria, mas também devolver a dignidade."
Sebastiana Ferreira, Secretária de Assuntos
Jurídicos da AASA/BA.
A forma de cálculo foi baseada na diferença do vencimento base e os reflexos nas gratificações e avanços pertinentes do Plano de Cargos de Vencimentos da Saúde.

Ação contra o Município de Salvador

Já vencida a fase das ações das Gratificações, a qual todos venceram em todas as instânciasuma grande parte já está na fase de cálculos e outras em processo de pagamento. A primeira a receber foi a nossa colega Vera Guimarães, que recebeu aproximadamente R$ 10.000,00. Isso é prova que nossos processos em que damos entrada, funcionam e principalmente; os colegas recebem. Basta ter paciência.

Quais os documentos necessários?

Todos poderão dar entrada com a Assessoria Jurídica da AASA/BA, composto pelo Escritório de Dr. Jerônimo Mesquita. Mas os associados e os o que vão se associar a AASA/BA, terão um conforto maior e mais economia para impressão dos documentos, contracheques e flexibilidade.

Veja os documentos abaixo:

PARA QUEM É FILIADO A AASA/BA:

Quem não é filiado a AASA/BA, basta se filiar, que terá todo o direito do filiado.

Originais do
RG;
CPF;
COMP. RESIDÊNCIA.
Poderá entregar a qualquer momento na nossa sede, não precisa esperar as datas das reuniões.

Obs.: Os contracheques não serão necessários, porque tanto as cópias dos documentos, como os contracheques, serão de responsabilidade da AASA/BA.


PARA QUEM NÃO É FILIADO A AASA/BA E NÃO DESEJA SE FILIAR A AASA/BA:

Cópia RG;
Cópia CPF;
Cópia Comp. de Residência
Contracheques de jun. 2014 ao período atual.
Entregar somente no dia da reunião, no local data e horário correspondente abaixo

Quem já entregou os contracheques, deverá trazer a partir do último que nos entregou até o mais recente. Mas ao se filiar a AASA/BA, não precisará se preocupar com esse detalhe.

Data da reunião: 

09 de maio de 2018 (ás 09:00 ás 12:00 e das 14:00 às 16:00), na sede da AASA/BA, localizada na Av. Vale do Tororó, n° 384, Edif. Andaiá, Salas 201/202 - Tororó, ao Lado do SINDGUARDA.

0 comentários:

Postar um comentário