terça-feira, 31 de março de 2020

ACS e ACE do Município de Camaçari - BA, recebem a primeira parcela do retroativo do Piso Salarial

Após muitas lutas e batalhas, finalmente os ACS e ACE do Município de Camaçari começaram a receber o retroativo referente o pagamento do Piso Salarial da categoria.
Mais um resultado que veio da luta da categoria, com a AASA/BA, AAEMC e AACS na frente conduzindo com maestria e inteligência.
O acordo ficou definido que a categoria iria receber o retroativo em 6x, a partir de março. Mas vamos buscar reduzir a quantidade das parcelas.
Intensas e tensas as reuniões discutindo os direitos da categoria
Histórico:
O reajuste do piso salarial foi aprovado em Janeiro de 2019, garantindo o piso salarial de R$ 1.550,00, e aprovado pelo município de Camaçari, porém só foi pago devidamente aos ACS e ACE recém ingressos no município, porém excluiu os agentes que era mais antigo, devido ao seu vencimento base ser maior do que o Piso Salarial, pelos reflexos do Plano de Cargos. O presidente da AASA/BA, Ivando Antunes, relembra a situação:


"Os ACS e ACE de Camaçari, começaram a receber o Piso Salarial corretamente após muita luta por parte da categoria, inicialmente o Município só queria pagar o Piso Salarial para os ACS e ACE mais novos, porque segundo o entendimento da gestão, os profissionais mais antigos não teriam direito, devido que, o seu vencimento base pelos avanços do PCCV, recebiam a mais do que o Piso Salarial, a categoria teve que ir as ruas de preto e nariz de palhaço, para que a gestão se sensibilizasse." - Conluiu Antunes.
Manifestação em frente da prefeitura do Município de Camaçari, que consolidou o pagamento do retroativo!

Ionara Barreto, Presidente da AAEMC, relembra que o mais difícil foi mostrar para a categoria que era um direito da categoria: "muitos colegas infelizmente, abraçaram o discurso da gestão e não acreditavam que eles tinham direito. Inclusive antigas lideranças com o mesmo discurso, mas agradecemos a AASA/BA, que com a sua competência conseguiu unir a categoria dos ACE e ACS em uma única luta." Finaliza Barreto.
Da esq. para a dir. Ionara Barreto, Presidente da AAEMC, Ivando Antunes, Presidente da AASA/BA e Rita de Cássia, Presidente da AACS.
Mais uma batalha vencida, mas a guerra é constante, por isso temos que estar vigilantes e na luta.

Agora a luta é pelo Incentivo Adicional da categoria!

#JuntosSomosMaisFortes

0 comentários:

Postar um comentário