domingo, 8 de março de 2020

Camaçari: AASA vence mais uma etapa na consolidação do sonhado Incentivo Adicional da categoria

Gestão  de Camaçari, recebendo em mãos o projeto de Lei de Incentivo Adicional, para a categoria de ACS e ACE.
A AASA Bahia tem sido importante instrumento de luta para os agentes de saúde de Camaçari, na região metropolitana de Salvador.
Na reunião realizada com a AASA, AAEMC e AACS e a gestão municipal para tratar do fardamento da categoria, cujo foi de intenso debate sobre a qualidade e a entrega, a AASA/BA, propôs por diversas vezes o pagamento do Incentivo Adicional para a categoria, e parte deste incentivo para ser usado para que o próprio agente de saúde, obtenha o seu fardamento seguindo os padrões do município.
Debate intenso entre as entidades e o município de Camaçari
Na reunião, a equipe da SESAU foi enfática ao dizer que é um desejo do atual Secretário da pasta, Dr. Elias Natan, em realizar o sonho da categoria, que segundo o mesmo é de grande importância para a administração municipal. E que a utilização de parte do incentivo para a compra de fardamento, traria menos problemas para o município, já que não teria o desgaste de realização de licitação, que é sempre desgastante e algumas vezes não atendem o gosto do servidor.
Questionado sobre a prestação de contas da aquisição dos vestuários, Ivando Antunes foi enfático e sugeriu que os supervisores e os gerentes das unidades observem a utilização e boa apresentação dos fardamentos de cada servidor. "O colega supervisor ou o Gerente da unidade, poderá observar o estado das peças e atestar que o agente de saúde esteja devidamente fardado de acordo com a exigência do Município. Teremos zelo e transparência com a coisa pública, pois os recursos serão investidos no sentido de garantir fardamento adequado e suficiente para o labor diário", disse o dirigente da AASA.
A Presidente da AAEMC e diretora da AASA/BA em Camaçari, Ionara Barreto, fez um vídeo para informar a categoria sobre a atuação das entidades junto o Município;
As novas rodadas de reuniões para negociação com a AASA, AAEMC e AACS e a Prefeitura de Camaçari devem determinar o texto legal e as formas de pagamentos para o Incentivo Adicional e o Auxílio Fardamento. "Temos tido várias reuniões com a gestão e somos incisivos em querer resolver essas demandas de imediato. Contribuiremos de forma eficaz para que isso aconteça em pouco tempo e beneficie nossos colegas", concluiu Antunes.

0 comentários:

Postar um comentário